NOVO: 2º Índice Caliber da Marca Empregadora

Tempo de leitura: 2 minutos

Índice Caliber da Marca Empregadora (Atratividade de Talentos)

O Índice Caliber da Marca Empregadora (Atratividade de Talentos) traz um ranking de 40 empresas, conforme a propensão de entrevistados a considerá-las como um possível local para trabalhar. O material contempla um dos atributos atitudinais do nosso modelo, medindo a propensão de atitudes por parte da opinião pública com relação a fidelização, recomendação da empresa e consideração como uma boa empregadora. O resultado é baseado nas empresas listadas na B3 e monitoradas pela nossa plataforma digital Real-Time Tracker – conheça mais sobre o RTT aqui.

O que você vai encontrar no ranking:

  • O nível de familiaridade de marca das 40 empresas monitoradas;
  • As organizações com o melhor índice de atratividade de talentos.

Alguns fatores-chave de influência para a atração de talentos:

  • Solidez da reputação: uma marca forte e uma reputação positiva atraem talentos que desejam fazer parte de algo maior;
  • Cultura e Valores: um ambiente de trabalho positivo, com valores alinhados aos dos colaboradores, é crucial para criar um senso de pertencimento e engajamento;
  • Oportunidades de crescimento: profissionais ambiciosos buscam empresas que ofereçam oportunidades de desenvolvimento profissional e pessoal contínuo;
  • Remuneração e benefícios: um pacote competitivo de salários, benefícios e incentivos é essencial para atrair e reter talentos;
  • Equilíbrio entre vida pessoal e profissional: a flexibilidade e o respeito à vida pessoal dos colaboradores são cada vez mais valorizados no mercado de trabalho;
  • Propósito claro e engajador: profissionais conscientes buscam empresas que estejam alinhadas com seus valores e que ofereçam oportunidades para fazer a diferença.

Leia mais sobre o assunto no artigo: O jogo do poder – como a reputação corporativa afeta a atratividade da sua empresa.

Sobre o ranking

Os resultados são baseados em 3.773 respostas, numa amostra representativa da sociedade brasileira, entre o período de 01 de janeiro e 15 de maio de 2024. Os dados foram coletados diariamente. Todos os resultados apresentados no ranking podem ser desmembrados em parâmetros de segmentação, como idade, gênero, localização geográfica e ocupação.

O índice é determinado observando a porcentagem do público informado (aqueles familiarizados com a empresa avaliada) que afirmam estar muito propensos a considerar a organização avaliada como um possível local para trabalhar. A porcentagem inclui apenas aqueles que respondem com 6 ou 7 em uma escala de 7 pontos.

Além do Brasil, nosso estudo está sendo publicado em oito países como Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, Suíça, Suécia e Reino Unido, sempre com empresas listadas nas respectivas Bolsas de Valores (confira). No Brasil, monitoramos 102 empresas de 22 segmentos de mercado, sendo que 40 delas estão listadas no ISE da B3.

Boa leitura!