NOVO: 2º Índice Caliber da Marca Empregadora

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ter ou não uma boa reputação significa uma visão de amadurecimento empresarial​

O nível de reputação de uma organização diz muito sobre as suas decisões e atitudes e a forma, a frequência e o propósito como ela conduz seus relacionamentos com seus públicos estratégicos.


Mais do que uma questão fatalista, ter ou não uma boa reputação significa uma visão de amadurecimento empresarial das nossas organizações. Invista cinco minutos e analise as grandes crises reputacionais dos últimos anos. As crises de imagem que depreciaram o capital reputacional de alguns supermercados, empresas de varejo, mineradoras e planos de saúde, entre outros, dizem muito sobre as escolhas dessas organizações.


A escolha entre a aparente e fugaz busca do resultado de curto prazo versus a construção de longo prazo.
Aqui cabe lembrar que não existe essa dicotomia temporal, sendo possível, sim, ser competitivo e rentável no curto prazo sem abrir mão de uma agenda positiva, a qual moldará o futuro da empresa. Por isso sempre dizemos que as empresas que têm melhores indicadores de reputação construíram um algoritmo próprio que as conduzem ao sucesso. Com esse algoritmo vivo em mente, elas saem da bolha da arrogância
corporativa, desenvolvem um conjunto de decisões estratégicas em prol do bem comum, criam mecanismos de escuta e diálogo, mitigam riscos e transformam contextos adversos em oportunidades de conexões, colaboração e comunicação mais fluida e eficiente.

Acesse nosso material e saiba mais.